+
    InícioFutebol BrasileiroSaiba os 10 jogadores com maiores salários no futebol brasileiro em 2020/2021

    Saiba os 10 jogadores com maiores salários no futebol brasileiro em 2020/2021

    O ranking com os maiores salários do futebol brasileiro mostra, ano após ano, o quanto o poder aquisitivo dos clubes aumentou. Apesar de uma crise econômica inesperada trazida pela pandemia de covid-19, grandes clubes brasileiros conseguiram manter altos salários e folhas salariais milionárias.

    O maior exemplo é o Flamengo, que com seu forte investimento em reforços e lucros exorbitantes com vendas recentes, segue com um elenco cheio de estrelas e, é claro, com valores elevados.

    PUBLICIDADE

    O clube possui seis dos dez maiores salários do futebol brasileiro. Na apuração mais recente, feita pelo jornalista Jorge Nicola, sete atletas de clubes brasileiros recebem mais de R$ 1 milhão por mês. Esses salários são maiores até que a folhas de clubes que disputam a Série B do Campeonato Brasileiro.

    Confira quem são eles, onde jogam e quanto recebem por mês.

    10º – Gerson (Flamengo) – R$ 800 mil

    Gerson, volante do Flamengo — © WAGNER MEIER/GETTY IMAGES

    Chegou ao rubro-negro em julho de 2019 vindo da Roma (ITA). Logo se transformou no “coringa” do Flamengo. Com ótimas atuações pelo time, chegou a ser especulado em clubes da Europa, mas permaneceu no Flamengo. Segue sempre peça importante no meio-campo da equipe de Rogério Ceni.

    9º – Arrascaeta (Flamengo) – R$ 900 mil

    Arrascaeta, meia do Flamengo — © Alexandre Vidal

    Chegou ao Flamengo em 2019 vindo do Cruzeiro. O uruguaio rapidamente ganhou o carinho do torcedor flamenguista por atuações marcantes e uma qualidade individual que chama a atenção. Decisivo na arrancada para o título brasileiro do ano passado, além de dar assistência para um dos gols de Gabigol na decisão da Libertadores, o jogador é um dos mais caros do elenco.

    8º – Everton Ribeiro (Flamengo) – R$ 900 mil

    Everton Ribeiro, meia do Flamengo — © Alexandre Vidal

    Um dos capitães do Flamengo, Everton Ribeiro é um dos maiores nomes do meio-campo na atualidade. O jogador se tornou um dos símbolos do ano de glórias da equipe. Com a chegada do técnico Domènec Torrent no segundo semestre de 2020, Everton cresceu de rendimento e chegou à Seleção Brasileira, assumindo inclusive a camisa 10 de Neymar, cortado a época por lesão. O camisa 7 era um dos protagonistas do Fla na temporada, mas deixou de criar grandes chances e caiu de rendimento desde que Ceni assumiu o comando da equipe. O torcedor, porém, aguarda ansiosamente que o craque volte a dar
    alegrias ao torcedor. O que não cai é o seu vencimento mensal, na casa dos R$ 900 mil/mês.

    7º – Lucas Lima (Palmeiras) – R$ 900 mil

    Lucas Lima, meia do Palmeiras — © Bruno Ulivieri/Agif

    O meia, hoje com 30 anos, chegou ao Palmeiras em 2018 com pinta de astro. Isso depois de apresentações marcantes no rival Santos, entre 2014 e 2017. Dentro do campo, no entanto, as atuações não chegaram nem perto do esperado, e hoje o jogador fica mais no banco de reservas que entre os titulares. Mesmo assim, o camisa 20 segue como um dos maiores salários do futebol nacional.

    6º – Vitinho (Flamengo) – R$ 1 milhão

    Vitinho, atacante do Flamengo — © Alexandre Vidal

    Quando chegou ao Flamengo em 2018, Vitinho disse estar realizando um sonho de infância. Após duas boas temporadas pelo rival Botafogo, foi vendido para o CSKA, da Rússia. Jogou uma temporada pelo Internacional, até que retornou ao Brasil, para vestir a camisa do seu clube de coração e, de quebra, com um dos maiores salários do país.

    O atacante, porém, não produziu o tanto que era esperado pela torcida e imprensa. Hoje figura mais no banco de reservas da equipe.

    5º – Felipe Luís (Flamengo) – R$ 1 milhão

    Filipe Luís, lateral-esquerdo do Flamengo — © Alexandre Vidal

    Quando chegou ao Flamengo no meio de 2019, Felipe Luís ainda era titular da seleção brasileira, e havia acabado de conquistar a Copa América. Sua contratação foi considerada complicada em virtude de outras propostas que estavam na mesa do atleta. Contudo, o carinho pelo clube de infância falou mais alto. Felipe foi fundamental para os planos do clube, que acabou conquistando a Copa Libertadores e o Campeonato Brasileiro. Seguro na defesa e no ataque, o lateral de 35 anos segue sendo titular absoluto do rubro-negro. Mesmo que tenha recebido ofertas salariais melhores antes de acertar sua ida ao Flamengo, os seus vencimentos mensais estão entre os 10 maiores do país.

    4º – Bruno Henrique (Flamengo) – R$ 1 milhão

    Bruno Henrique, atacante do Flamengo — © Alexandre Vidal

    O atacante chegou no início de 2019 ao Flamengo, após grande temporada no Santos, é um dos motivos para a campanha de sucesso do rubro-negro na temporada passada. Decisivo em clássicos e jogos de mata-mata, suas atuações foram reconhecidas, e o atacante recebeu um generoso aumento salarial.

    3º – Hernanes (São Paulo) – R$ 1,1 milhão

    Hernanes, meia do São Paulo — © Divulgação

    Que o “profeta” Hernanes é um ídolo para os tricolores de todo o Brasil, isso todo mundo já sabe. Fez história com a camisa do clube no tricampeonato brasileiro conquistado entre 2006 e 2008, e deixou saudades quando se transferiu para a Europa. No ano passado, foi repatriado após duas temporadas na China, mas seu futebol não está longe de ser o mesmo do passado glorioso. Com 35 anos, o meio-campista é apenas opção no banco de reservas para o técnico Fernando Diniz. O jogador de hoje não justifica estar entre os maiores salários do futebol nacional.

    2º – Daniel Alves (São Paulo) – R$ 1,5 milhão

    Daniel Alves, jogador do São Paulo — © Divulgação

    O maior vencedor da história do futebol mundial chegou ao Brasil com toda a pompa de um astro. Contratado pelo São Paulo em agosto de 2019 após a conquista da Copa América pela Seleção Brasileira, ganhou a camisa 10 e foi apresentado ao lado de grandes ídolos do clube. Sob o comando de Fernando Diniz, não atuou pela lateral-direita, e sim pelo meio-campo. Mesmo deslocado da sua posição de origem, o experiente jogador se tornou um das peças mais importantes de uma equipe que oscila em determinadas ocasiões. É um dos maiores salários do futebol brasileiro, mas o alto investimento ainda não gerou grandes resultados dentro de campo.

    1º – Gabriel Barbosa (Flamengo) – R$ 1,6 milhão

    Gabigol, atacante do Flamengo — © Alexandre Vidal

    O maior salário do Brasil é do atacante Gabriel Barbosa ou simplesmente Gabi. também chegou ao Flamengo em 2019, e já fez história suficiente para ficar na galeria de grandes ídolos do clube. Decisivo, fez os dois gols da virada diante do River Plate, na final da Libertadores, além de ter sido o artilheiro do País na temporada 2019. Em 2020, não vive um momento tão grandioso quando no ano anterior, mas segue sendo importante para o time na luta pelo título brasileiro edição 2020.

    + NOTÍCIAS

    Messi no PSG? A resposta de Pochettino ao ser perguntado se deseja o argentino em sua equipe

    Hulk doa R$ 150 mil para ajudar hospitais de Manaus

    + Propostas na mesa: Qual será o destino do atacante Hulk?

    PUBLICIDADE
    Samy Oliveira
    Samy Oliveira
    Formado em Comunicação Social pela UFPB, 27 anos, tio de Levi e um apaixonado por Futebol

    2 COMENTÁRIOS

    1. É dinheiro demais mano, alguns pelo menos jogam futebol que Vale apena, mas tem uns e outros que não valem 100 mil muito menos um milhão como por exemplo a poicaria do Vitinho, perneta de pau

    2. Tenho certeza que, assim como eu, muitos ficam indignados com o salário desses jogadores. É por isso que a maioria dos clubes estão endividados. Fico inconformado com a discrepância entre os salários deles, e ainda mais perplexo se comparado com as demais profissões.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    FlaTV+

    52,465FãsCurtir
    18,547SeguidoresSeguir
    20,458SeguidoresSeguir

    + notícias

    Damos valor à sua privacidade

    Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

    Cookies estritamente necessários

    Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

    Cookies de desempenho

    Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

    Cookies de funcionalidade

    Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

    Cookies de publicidade

    Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

    Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.